Kings of Convenience

18 maio - Coliseu de Lisboa

Abertura de Portas: 19:00 • Início do Espetáculo: 20:00

Classificação Etária: M/6

Kings of Convenience em Portugal em 2022

Doze anos depois, o duo anuncia novo álbum e passagem por Portugal em maio de 2022, com concerto em Lisboa e no Porto. Os bilhetes estarão à venda a partir do dia 7 de maio, nos locais habituais.

Depois de anunciarem o regresso a Portugal em maio de 2022, com passagem garantida por Lisboa e Porto, Eirik Glambeck Boe e Erlend Oye confirmam agora uma segunda data para a capital, com a primeira praticamente esgotada. Assim, os Kings of Convenience subirão ao palco do Coliseu Porto Ageas a 16 de maio e do Coliseu de Lisboa a 18 e 19 de maio.


Recorde-se que o duo tem um novo álbum a sair já no próximo mês de junho, Peace or Love, estando já o segundo single disponível. "Fever" é uma infusão de bossa nova, num registo intimista, que se faz acompanhar por uma melodia de guitarra com um elegante piano. A letra fala sobre o amor, usando a palavra "fever" como metáfora para explorar os seus altos e baixos. 


Eirik Glambeck Boe e Erlend Oye estão de volta com os Kings of Convenience. Mais de uma década depois, o duo anuncia um novo álbum - Peace or Love - e nova digressão, com passagem confirmada por Portugal em maio de 2022 para dois concertos: 16 de maio no Coliseu Porto Ageas e 18 de maio no Coliseu de Lisboa.

Peace or Love, o novo trabalho do dia que verá a luz do dia ainda este ano (mais concretamente no próximo mês de junho), explora os últimos anos de vivência conjunta de dois velhos amigos, gravado ao longo de cinco anos e em cinco cidades diferentes. São 11 temas que chegam frescos e com vibes de verão, sobre a vida e o amor, com a beleza, a pureza e a claridade emocional que já se esperam dos Kings of Convenience.

O primeiro single, denominado de "Rocky Trail", já está no ar e vem confirmar que a banda não perdeu skills nem eloquência emocional. Uma simbiose perfeita entre melodias acústicas, violinos e as vozes únicas de Boe e Oye, que resultam num tema contemplativo que fala sobre perceção e arrependimento.

Eirik Glambek Boe e Erlend Oye conheceram-se na escola em Bergen, Noruega, e a primeira vez que atuaram juntos foi com a banda de rock Skog, que acabaria por se extinguir e dar lugar ao duo formado pelos dois artistas, em 1999. O par estabeleceu-se, ao longo dos anos, como pioneiros de uma vaga musical intimista e acústica, tendo lançado três aclamados álbuns e cultivado uma base de fiéis fãs um pouco por todo o mundo.

Bilhetes disponíveis em meoblueticket.pt, fnac, worten, el corte inglés

Subscreve a newsletter para receber todas as novidades em primeira mão